Cruz Vermelha internacional vai investigar ossadas e traz esperança para família catarinense

A Cruz Vermelha Internacional deve anunciar neste fim de semana uma campanha para realizar exames de DNA nas 1,5 mil ossadas ainda não identificadas de mortos e desaparecidos políticos encontrados em uma vala clandestina do cemitério de Perus,  em São Paulo.

Entre eles podem estar os restos mortais dos três catarinenses ainda não localizados, sendo o mais conhecido o do ex-deputado Paulo Stuart Wright, visto pela última vez em setembro de 1973. O filho João Paulo, que vive em Curitiba, participará da apresentação em SP.

Rafael Martini

DC – 20/04/2016– 12h08min

Anúncios
Esse post foi publicado em Memória. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s