A repressão em SC

Em Santa Catarina tivemos 4 momentos diferentes de repressão:

1964 – foram cassados deputados, vereadores, jornalistas, mineiros do carvão em Criciúma, estivadores no Porto de Itajaí e São Francisco do Sul, grupo dos ONZE, principalmente no sul e oeste do estado.

1968 – foram detidos dezenas de estudantes nas manifestações em Florianópolis, principalmente secundaristas do Instituto Estadual de Educação e universitários da UFSC. 

1975 – A Operação Barriga Verde prendeu dezenas de militantes do Partido Comunista em Criciúma, Florianópolis, Joinville.

1979 – Ocorreu a Novembrada, já depois da anistia, em Florianópolis. 

A maior parte dos perseguidos catarinenses é de mineiros das minas de carvão, agricultores dos grupos de Onze, trabalhadores do porto de Itajaí e estudantes. São mais de 500 pessoas.

Anúncios

Uma resposta para A repressão em SC

  1. luiz carlos martins - cacau martins. disse:

    Como perseguido pela didatura, vocalista do Gupo Desterro, censurado e vetado por diversas vezes no final da decada de 70 e 80, participante de organizações politicas (fundação do Partido dos trabalhadores), com satisfação, apoio este movimento.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s