Alvaro Ventura

Estivador, anarquista, combativo, inquieto.

Em 1910, aos 17 anos, Alvaro Ventura fez em Florianópolis, um comício defendendo a jornada de 8 horas de trabalho. Foi sua primeira prisão.

Funda a Liga Operária, para unir os companheiros. Isto antes da formação dos sindicatos.

Participou da Revolução de 30 e foi deputado classista participando da Constituinte de 1934.

Aproxima-se do Partido Comunista e assume a Secretaria Geral do partido em SC, em 1943, e rompe em 1948.

Com o golpe militar de 64 cai na clandestinidade.

Com a abertura política apoia campanhas pontuais do PCB.

Em 1989, aos 96 anos, com a saúde debilitada e um inverno rigoroso, vai para o hospital.

Os médicos do hospital estavam organizando uma greve e organizaram as consultas dos pacientes, da ordem do mais velho ao mais novo, sendo primeiro o ele, Álvaro Ventura:

Perguntaram o que achava da greve.

Respondeu: Vocês já deviam ter começado. Os colegas de vocês estão parados. E vocês, o que estão fazendo que não se mobilizam?

Morreu no dia 10 de julho de 1989.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s