CARTA ABERTA PARA O PRESIDENTE DA ALERJ

logo pequena

Senhor Deputado Jorge Picciani

Presidente da Assembleia do Estado do Rio de Janeiro,

Tomamos conhecimento com indignação de que esta Casa Legislativa concedeu a Medalha de Tiradentes ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC).

O Coletivo Catarinense Memória, Verdade, Justiça, que há anos luta pelo estabelecimento da verdade histórica e pelo reconhecimento público das arbitrariedades e crimes cometidos durante o período ditatorial brasileiro, repudia tal homenagem a alguém que aplaude tais crimes de lesa humanidade, incitando a prática da tortura, e prega nova intervenção militar.

É público e notório que o referido deputado defende posições que afrontam a dignidade humana, preceito consagrado como cláusula pétrea na Constituição da República Brasileira, bem como nos tratados internacionais ratificados por nosso País.

A Assembleia do Estado do Rio de Janeiro coloca uma mácula em sua história política com tal gesto que o tempo não apagará.

Florianópolis, 25 de abril de 2016.

 

Maria Lúcia Haygert

Coordenadora do Coletivo Catarinense Memória, Verdade, Justiça