Dibo Elias

Nascido aos 22 de maio de 1904, em Palhoça. Morava em São José.

Histórico militante do Partido Comunista do Brasil – PCB – com Manoel Alves Ribeiro, o Mimo, e Álvaro Ventura.

Trabalhava na gráfica mantida pelo PCB, que funcionou por dez anos, sendo fiador o ex-governador Aderbal Ramos. Foi Presidente do Sindicato dos Gráficos de Florianópolis.

Por algum tempo viveu com Alice Backs, tendo o único filho Pedro Paulo, já falecido. Seu neto, aqui presente, chama-se Paulo.

Era Terceiro sargento da Polícia Militar, dotado de estupenda capacidade de trabalho. Não tinha muita instrução, mas segundo o companheiro MIMO era o companheiro que morria, mas não entregava ninguém.

Detido e processado em 1964. Ao ser solto foi proibido de atravessar a ponte. Conseguiu alojamento no próprio Quartel da PM onde tomava café todas as manhãs.

Candidato a Senador pelo Partido Comunista do Brasil –  PC do B – em 1986, ajudando a consolidar a sigla deste Partido.

 

 

Anúncios