Elyani Marinho de Souza Santos

Funcionária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Em 1964, detida em sua residência, por guardas armados, sem qualquer documento escrito, caracterizando atitude ilegal e arbitrária.

Indiciada em IPM junto de Paulo Stuart Wright e Evilário Caon.

Inocentada no inquérito por inexistências de provas e mesmo assim demitida da Assembleia.

Teve seus direitos recuperados em 1985, por Ato do deputado Stelio Boabaid, então Presidente da Assembleia Legislativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s