Francisco Sales de Moraes

Nasceu dia 29 de janeiro de 1900, em Florianópolis. Filho de Nelson Moraes e Luiza Moraes.

Aos dezoito anos entrou para a Polícia Militar de Santa Catarina. Foi enviado para Porto União em 1930 e lá se estabeleceu com sua esposa Isaura Moraes que estava grávida de gêmeos, e com seus dois filhos: Dulce e Francisco Sales de Moraes Filho.

Nessa época foi convocado para a Revolução de 30, deixando em Porto União sua mulher e filhos.

Foi preso em São Paulo e dona Isaura, passando por sérias necessidades e em desespero, numa visita de Getúlio Vargas a Florianópolis, burlou a segurança e com os gêmeos no colo implorou pela liberdade do marido. Getúlio mandou soltá-lo e ele regressou a Florianópolis.

Em 1932 participou de mais ações, já filiado ao Partido Comunista Brasileiro foi excluído da Polícia e perdeu as suas honrarias militares.

Daí para frente foi sempre vigiado e perseguido por seus ideais de esquerda, sendo preso mais uma vez em 1964, torturado pela Marinha (no Quinto Distrito Naval e depois na Escola de Aprendizes).

Ficou surdo e muito machucado. A família nunca conseguiu provas dessa  tortura. Apenas relatos de pessoas que não aceitavam testemunhar por medo da repressão.

Viveu de forma muito simples. Nunca aceitou ajuda ou desistiu de suas ideias. Passou a vender bugigangas no Mercado Público de Florianópolis e assim viveu esquecido pelos “amigos” até sua morte na década de1980.

Seu último pedido, doente no hospital de Caridade, foi para sua filha:

“Ruth não se esquece de enterrar o pai com a gravata vermelha do Partido”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s