Nery Clito Vieira

Nasceu em Lages no dia 18 de fevereiro de 1942.

Casado com Adelaide Furtado Vieira.

Filhos: Nery Clito Vieira Filho, falecido, Patrícia, João Fulvio e Sabrina.

Era Capitão da Polícia Militar, Comandante do Batalhão de Chapecó.

Quando do golpe militar de 1964 recusou-se a prender pessoas da cidade por considerar tais prisões injustas e precipitadas, sem ordem judicial. Por tal motivo foi preso, cassado e expulso da corporação.

Lutava pela causa dos soldados e aumento do soldo dos mesmos.

Retirado do Batalhão, veio para Florianópolis, trabalhou na Revista Catarinense e criou o jornal VENTO SUL.

Durante 20 anos foi assessor de imprensa da Associação Catarinense de Medicina.

As pessoas tinham orgulho em conversar com o Coronel Nery.

Uma palavra define o Coronel Nery: Era um homem justo.

Com a lei de anistia foi reincorporado ao Batalhão no cargo de Coronel.

Faleceu em 29 de maio de 1999, aos 68 anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s