Addo Vânio de Aquino Faraco

Nasceu em 1927. Casado com Neli Firminio. Teve três filhos: Adda, Vãnio e Iraides.

Addo era filho e neto de políticos. Foi dirigente do Partido Trabalhista Brasileiro em Criciúma e deputado estadual. Recebia em sua casa o Presidente da República João Goulart.

Apoiava a luta dos mineiros do carvão e era apoiado pelos Sindicatos de Criciúma.

Com Doutel de Andrade idealizou a mais popular estação de rádio de Criciúma, a Rádio Difusora. A emissora do trabalhador  teve sua voz calada pela repressão, dias depois do golpe militar de 1964. Acabou destruída por um incêndio em 1977.

Tudo o que era colocado no ar, passava pela censura, inclusive as músicas. Mas após o comentário de radialista Gil Braz Zabot Correa, que fazia duras críticas ao governo, a emissora foi lacrada pelos militares.

Um militar subiu com uma metralhadora e disse: “fecha tudo” . E realmente a emissora foi fechada.

O militar passou a chave na porta, foi embora, e não foi mais possível abrir a emissora.

Vãnio foi cassado em 12 de junho de 1964 por decreto do governo militar e esteve preso durante seis meses

Nunca desanimou de seus princípios.

Vânio faleceu em 2005.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s