João Batista Rita

Nasceu em 24 de junho de 1948, em Braço do Norte, filho de Graciliano Miguel Rita e Aracy Pereira Rita Veio para Criciúma aos 4 meses, onde se criou, brincou e estudou. Estudou em Criciúma no Ginásio Madre Tereza Michel, onde completou o curso ginasial.

Por suas atividades políticas foi preso em janeiro de 1970, em Porto Alegre, e depois em 10 de abril de 1970, sendo torturado no DOI-CODI/RJ.

Foi banido do Brasil em janeiro de 1971, quando do seqüestro do Embaixador da Suíça no Brasil, viajando para o Chile com outros 69 presos políticos, e deslocando-se, a seguir, para a Argentina, onde se casou com uma exilada chilena.

Foi preso em 11 de dezembro de 1973, juntamente com o ex-major Joaquim Pires Cerveira. Segundo testemunhas do seqüestro, João Batista e o ex-Major Cerveira foram presos por um grupo de homens armados, falando português e liderados por um homem que, segundo as descrições, seria o delegado Sérgio Fleury. Desaparecido desde 1973, quando tinha 25 anos.

Clique aqui e leia reportagem Inteligência e coragem a serviço da luta armada sobre João Batista Rita na seção extras, em nosso blog.

2 respostas para João Batista Rita

  1. Mário De Luca disse:

    É com grande emoção que vejo a foto de João Batista Costa Rita (este era seu nome na lista de chamada). Foi meu colega de turma no Ginásio Madre Tereza Michel por quatro anos. Aliás fomos a última turma de rapazes, pois que dali em diante só estudariam moças naquele colégio. Me recordo que era mais baixo que o resto da turma. Muito inteligente, muito invocado e argumentador, estava sempre em dia com as notícias, coisa dificil naquela época que não tínhamos nem TV. Como ele, nasci também em 1948, só que em Criciúma, temos hoje 63 anos. Se fosse possível, gostaria de saber se ele tem familiares que possam enviar noticias para meu e-mail.
    ESTEIO, RS, 30 de outubro de 2011

    MARIO DE LUCA

    Curtir

    • Ana Graziela Aguiar disse:

      Oi Mário, tudo bem? Meu nome é Ana Graziela e sou repórter da TV Brasil. Estamos fazendo uma Série de reportagens sobre a Ditadura. E vamos contar um pouco da história do João Batista Rita. Queria te pedir seu contato, caso fosse possível. Um abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s